Atributos Não Existem


E se eu lhe dissesse que Atributos não existem realmente?

Unsplash image

Tive um insight um dia desses:

“Não existem Atributos, apenas Composição e Comportamento”

O que chamamos de Atributo é, na verdade, Composição de Objetos e Comportamento.

Atributos não existem. São virtuais, produtos de nossa imaginação ou apenas uma abstração da realidade.

Veja as Cores, por exemplo.

Não existe atributos de cor Amarelo, Vermelho ou Azul. São todos Objetos!

O Amarelo é um Objeto numa composição RGB e nosso olho processa essa composição interagindo com outro Objeto, a Luz.

Assim “vemos” as cores.

Quer outros exemplos?

A quantidade de itens numa lista é determinada pelo comportamento do Objeto ao contar os itens da lista.

A idade de uma pessoa é determinada pelo comportamento do Objeto ao contar o tempo.

Não há nada de errado em continuarmos utilizando a palavra Atributo, mas não se esqueça que eles não existem. São apenas abstrações da realidade.

Faz sentido?

Posts Relacionados

  • Eliminando Métodos Privados

  • Classes Aninhadas

  • API Unit: Tudo num só lugar

  • Injeção de Dependência sem XML, Atributos/Anotações ou Frameworks

  • Nomeando Classes em Libraries

  • Versionando e Organizando seus Pacotes

  • Xavier Package

  • Inter-process Communication

  • Porquê eu escolhi Delphi e então, Object Pascal

  • Redefinindo Classes